Ciclos de Música e Poesia
16 Mai

Ciclos de Música e Poesia

Os Ciclos de Música e Poesia, já são uma referência na Fundação Cupertino de Miranda. Tudo iniciou quando em 2009 esta fundação acolhe a sua primeira edição. Com o objectivo de dinamizar a música e poesia, no primeiro semestre de cada ano, a Fundação apresenta um ciclo de cinco recitais.

Decorrem nos primeiros 6 meses do ano. De uma maneira geral é escolhida a última terça-feira do mês e tornam-se um ponto de referência, proporcionando momentos culturais inesquecíveis.

Na programação dos Ciclos de Música e Poesia, é possível dar a conhecer alguns dos jovens músicos hábeis e contemporâneos com destaque nacional e internacional.

Além disso, há ainda convidados nas atuações de textos/poemas, autores representados no portfolio do Museu da Fundação Cupertino de Miranda.

A organização deste evento, está a cargo da ARTAVE- Escola Profissional Artística do Vale do Ave, e do Centro de Cultura Musical (CCM). A programação e seleção da poesia tem coordenação do bibliófilo e leitor de poesia Isaque Ferreira.

Esta nova temporada teve início a 26 de Fevereiro com o recital O Instrumento de Tecla no Concerto Barroco. Em Março foi apresentado o recital A Flauta no Barroco, e em Abril História do Tango para Clarinete e Guitarra. Finalmente, para Maio e Junho estão programados os seguintes recitais:

28 de Maio, Quinteto para Clarinete em Lá Maior “Stadler”

25 de Junho, A Música de Câmara para sopros e piano.

Quinteto para Clarinete em Lá Maior “Stadler”

A obra apresentada o “Quinteto para Clarinete em Lá Maior “Stadler”, redigido em 1789, é uma das obras mais conhecidas de  Mozart para um clarinete, dois violinos, uma viola e um violoncelo.

Foi originalmente composto para clarinete di basseto e dedicado ao seu amigo clarinetista Anton Stadler para ele tocar. Para além deste clarinete, Mozart escreveu também para Stadler um trio para clarinete, viola e piano.

Música de Câmara para sopros e piano.

A música de câmara é composta para pequenos grupos de instrumentos, em que cada parte é executada por um instrumento individual em vez de um grupo de instrumentos semelhantes.

Em todo o ciclo de Música e Poesia, são convidados um ou mais músicos e dois diseurs de modo a recitarem poesia para alguns dos poetas representados na Coleção da Fundação Cupertino de Miranda.

Certamente não vai querer perder a oportunidade de desfrutar de bons momentos culturais e conhecer jovens talentos nacionais e internacionais.

28 de Maio e 25 de Junho

 Fundação Cupertino de Miranda

Entrada livre

Comentar